Arquivo para março \24\+00:00 2009

VENCEU. MAS, NÃO CONVENCEU!

placar-rebelde1

         Segue a preparação do Rebeldiões para a disputa do Campeonato Metropolitano. Em mais um amistoso disputado no excelente gramado da Rio Sport Center, o alviverde de Jacarepaguá derrotou a jovem equipe do Vilinha pelo placar de 3×1.

         A partida contra o time de Vila Isabel foi proveitosa apenas pelo resultado e pela movimentação dos jogadores rebeldes. Com a ausência do treinador Pudim de Leite Ramos e a presença quase completa do elenco, o grupo de atletas rebeldes não conseguiu organizar as substituições em campo. Douguerley Luxemburgo, auxiliar técnico e eventual substituto do treinador rebelde, não quis assumir o cargo por “não estar vestindo seu terno by Oswald Boateng”. Ele deu a seguinte declaração:

         – Não vou manchar a reputação que consegui durante esses anos. Não vou comandar um plantel da altura do Rebeldiões sem um dos meus elegantes ternos. Douguerley Luxemburgo é sinônimo de brilho, de moda fashion e estilo.

         Sem comandante, o Rebeldiões iniciou o jogo correndo atrás dos garotos do Vilinha. Velozes, os garotos de laranja abriram o marcador num chute de longa distância sem defesa para o arqueiro rebelde, Fernandinho da Bahia. Rodolfo (Aleluia!), de cabeça, empatou o jogo ainda na primeira etapa. No segundo tempo, os garotos de Vila Isabel cansaram e o alviverde partiu pra cima. E, em dois contra-ataques fulminantes, o Rebeldiões venceu o jogo por 3×1.
        
Aguardando o inicio da disputa mais importante do ano, o Rebediões se prepara com o mais alto esmero para conseguir seus objetivos em 2009. Ainda essa semana, notícias sobre o Mercado da Bola. Aguardem! Vêm novidades por aí.

ELEIÇÃO ALVIVERDE!

quem-foi-melhor

         Ajude a torcida do Rebeldiões a eleger o melhor jogador de todos os tempos. E a primeira disputa está bastante acirrada. Quem é o melhor?

         O primeiro duelo reúne dois oponentes de grande “qualidáde”, como diria Baianinho Ex-Flamengo. Jean Pierre, erradicado na França, tem na lentidão e na paixão por pinturas a óleo suas maiores virtudes. Já o seu adversário, o Prato de Alface, custa menos de R$0,10 e tem no “acompanhamento” das jogadas o seu ponto forte.
         
A sorte está lançada. E quem vai decidir essa parada é você, fã do futebol society. Não deixe de participar e vote no melhor de todos os tempos do Rebeldiões. E não perca os próximos duelos do quadro “Quem é o melhor?”. Dizem as más línguas que o próximo duelo será proibido para os diabéticos.

VALENTIA REBELDE!

300_373

        Domingo de vitória com a marca registrada do Rebeldiões: A Valentia. Mesmo com diversos desfalques, o alviverde derrotou o time do Boka por 2×1. Os gols rebeldes foram marcados pelo camisa 9 Thiago Fofômeno e pelo presidente Léo Raça. Com vários jogadores faltosos, alguns de última hora, o Rebeldiões jogou sem reservas e com o zagueiro Renato Sorriso improvisado no gol. Porém, mesmo diante das adversidades, o valente time rebelde conseguiu vencer o bom time do Boka. O presidente Léo Raça já enviou um comunicado aos jogadores para saber o motivo da recente onda de ausências que vem atrapalhando o planejamento do treinador Pudim de Leite Ramos.

PARABÉÉÉÉNS, BIG HEAD!!!!

ssssssssss

          Dia 12 de Março é um dia muito especial para a família Rebeldiões. É aniversário do camisa 7 Renas Maravilha, o Big Head. Poeta e compositor de sambas enredo, ele mesmo gosta de dizer que “há 25 anos o mundo o acolheu”. E, como costuma lembrar seu grande amigo Renato Sorriso, o tal mundo foi generoso em acolher tamanha cabeça. Ex-Presidente do nosso glorioso alviverde, Renas Maravilha deixou o cargo para desbravar terras americanas. E foi lá que conseguiu realizar um grande sonho: Comprar um boné tamanho XXXL.

Mas, chega de brincadeiras como o nosso querido amigo Woody. É um dia muito feliz para ele e para todos nós. E todos na família Rebeldiões concordam que ele é “um parceiro de muito alto astral, que sempre conta os dias pro Carnaval e não foge da lida. Renas vê cores no mundo, respeita o tempo e confio na vida.”.

Renan, todos os seus “amigos do peito” do Rebeldiões lhe desejam muitas felicidades, amor, sucesso nas suas composições e em toda a vida. E, no fim de semana, estaremos todos juntos tomando aquela gelada e comemorando.

Grande Abraço, Renas!!! É o que deseja a família Rebeldiões.

 

 

*As citações em Itálico fora retiradas do criativo e sempre elogiado perfil de Renas Maravilha no Orkut.

DERROTA FORA DOS PLANOS

yoga-bebado

         Domingo de derrota alviverde no campo da Rio Sport Center. Jogando de forma irregular o Rebeldiões foi derrotado pelo Unissuan por 5×4. Sofrendo com alguns desfalques importantes, os rebeldes não conseguiram segurar o resultado no segundo tempo e perderam pela quarta vez em 2009. O destaque da partida foi o presidente e capitão Léo Raça, autor de dois gols. O segundo, como o seu próprio nome diz, marcado com muita “raça”.

         O primeiro tempo terminou com vitória do Unissuan por 2×1 num jogo muito movimentado. Autor do gol rebelde, Léo Rato desperdiçou um pênalti antes de deixar sua marca de cabeça. No segundo tempo, Renas Maravilha subiu bonito e, também de cabeça, empatou o jogo. A partir daí brilhou a estrela do camisa 8 do Rebeldiões. Numa bonita cobrança de falta, Léo Raça mandou por cobertura virando o placar.

         Com a vantagem, o alviverde começou a tocar a bola e esperou o tempo passar. Mas, sofreu um gol num chute de longe. Na saída de bola, Léo Raça brigou sozinho contra três jogadores do Unissuan e conseguiu um chute cruzado para colocar novamente o Rebeldiões em vantagem, 4×3. Porém, após o gol de empate, e uma falha individual, o Unissuan conseguiu a vitória por 5×4.

         O Rebeldiões agradece a ajuda do jogador Sávio, do União & Cerveja. Com a ausência da “Muralha Rebelde”, Fernando, e do capitão e goleiro nas horas vagas, Vini, Sávio contribuiu defendendo a meta alviverde. Obrigado em nome de todos!

         Assim, o Rebeldiões espera reencontrar o caminho das vitórias no próximo Domingo. Até lá!

EMPATE PÓS FOLIA

1202227046700_133

        No primeiro Domingo pós-carnaval e sofrendo com desfalques importantes, Rebeldiões x Siabas fizeram um jogo de tempos distintos e de placar igual. Com cada time dominando um tempo de jogo, o resultado não poderia ser outro. Empate em 5×5.

Na primeira etapa, só o Rebeldiões jogou. Foi literalmente um passeio alviverde. O forte Siabas, acuado em campo, não conseguia desenvolver o seu estilo de jogo enquanto os rebeldes trocavam passes rápidos e fizeram elásticos 3×0. Ainda no primeiro tempo, o time azul-grená diminuiu, mas, logo em seguida, sofreu o quarto gol alviverde. Intervalo, 4×1 Rebeldiões.

         Devido o forte calor que fazia no campo do Cabana da Serra, a previsão de muitos era de que o Siabas não teria pernas para correr atrás do resultado. Mas, enquanto o primeiro tempo foi 100% alviverde, a segunda etapa foi inteiramente dominada pelo time azul-grená. Aproveitando algumas bobeadas do Rebeldiões, o Siabas chegou a diminuir o placar em 4×3. Ainda assim, os rebeldes ampliaram para 5×3. Mas, no fim, prevaleceu a raça do Siabas e o jogo terminou empatado em 5×5.
        
O empate ficou com sabor de derrota para o Rebeldiões. Porém, restar aprender com os erros do segundo tempo e lembrar do bom futebol apresentado na primeira metade do jogo. No próximo Domingo, o alviverde vai encarar o bom time do Unissuan continuando a preparação para o Campeonato Metropolitano.


Contador

  • 16.965 visitas