Arquivo para fevereiro \17\+00:00 2009

VITÓRIA COM SABOR ESPECIAL!

rebel2

        Ao contrário do clássico Botafogo x Flamengo, que terminou empatado, o duelo dos arqui-rivais Rebeldiões x Vitória Régia teve um vencedor. Num jogo muito bom, de alto nível técnico e de muita garra, os rebeldes venceram os plantas-aquáticas por 4×2 no campo da Rio Sport Center.

        A partida começou num ritmo muito forte. O Vitória Régia tocava bem a bola e o Rebeldiões, como de costume, esperava uma bobeada do adversário para atacar. Vestindo o bonito uniforme negro, os rebeldes conseguiram abrir o placar após um chute de longe do meio-campo Léo Rato. A pancada do camisa 16 contou com um desvio da zaga adversária e matou o goleiro. Em desvantagem, o Vitória partiu pra cima e conseguiu o empate através de uma jogada individual. Em velocidade, o atacante partiu em diagonal e chutou não dando chances para o arqueiro Fernando.

        Um pouco desarrumado em campo, o Rebeldiões sofreu a virada após uma bobeada na marcação que deixou o atacante do Vitória Régia livre pra virar o placar, 2×1. Porém, antes do fim do primeiro tempo, os rebeldes conseguiram empatar por meio de um escanteio. O baixinho camisa 10, Biel, subiu entre os “grandalhões” e igualou o jogo.

        Na volta do intervalo, a tônica do jogo permaneceu a mesma. Vitória Régia tocando bola e atacando, enquanto o Rebeldiões defendia muito bem e saía perigosamente nos contra-ataques. Até que uma falta no meio campo, sofrida pelo novo meio-campo Jean Pierre (Ex-Doug Funny), decidiu a partida em favor dos rebeldes. O presidente Léo Raça cobrou na pequena área e o atacante Renas Maravilha, com sua enorme cabeça, apenas “raspou” para virar novamente o eletrizante jogo, 3×2.

        Com o placar favorável, os rebeldes sofreram forte pressão do Vitória Régia e tanto o sistema defensivo quanto o goleirão Fernando, fizeram um grande trabalho para garantir o resultado. Ainda teve tempo para o capitão Vini driblar três adversários, tocar para Biel, e aproveitar o rebote do goleiro adversário para marcar, de joelho, o quarto gol da suada vitória do Rebeldiões no maior clássico de JPA.

        Agora, o Rebeldiões fará uma pausa para a folia. Alguns jogadores vão viajar para o carnaval com suas namoradas/esposas e o grupo alviverde deverá se reunir para o próximo jogo somente no dia 01 de Março.

FERNAAAAAAAAANDO!!!!

sem-titulo4

         Foi um bom teste. Mesmo derrotado por 3×2 pela Juventus, o Rebeldiões provou o seu valor e vendeu caro a derrota para o atual Tricampeão da Superliga Série A. O destaque absoluto foi o camisa 1 alviverde, Fernando. A “Muralha Rebelde”, como é conhecido o arqueiro do Rebeldiões, fez defesas espetaculares e foi aplaudido até pelos adversários após uma atuação brilhante.

         A partida, novamente disputada sob forte calor, começou num ritmo não muito veloz e com a Juventus tomando a iniciativa. Enquanto tocavam a bola na intermediária, os rebeldes se fechavam esperando um contra-ataque certeiro. Mas, após um chute cruzado pela direita, a equipe alvinegra fez 1×0 e obrigou o Rebeldiões a sair para buscar o empate.

         E o gol da igualdade não demorou a sair. Também com um chute cruzado, desta vez pela esquerda, Léo Rato empatou a partida. Bem postado em campo, o Rebeldiões conseguia agüentar a pressão. Mas, num lance de oportunismo, o atacante da Juventus fez 2×1 aproveitando rebote do goleirão Fernando. O jogo caminhava para o intervalo quando Rodolfo, ele mesmo, fez um lançamento longo para o meio-campo Ponzio. Sem ninguém esperar, o camisa 12 correu atrás da bola e, surpreendentemente, chegou à frente do goleiro para empatar o duelo novamente.

         Na volta do intervalo, a Juventus, com maior número de jogadores reservas, tentou imprimir grande velocidade ao jogo. E conseguiu. Pouco a pouco os atletas do Rebediões foram sentindo cansaço e afrouxando um pouco na marcação. Mesmo assim, o Tricampeão da Superliga não conseguia furar o “ferrolho” alviverde e ainda sofria com alguns contra-ataques. Até marcar o terceiro gol após um bate-rebate na área.

         Em desvantagem, o Rebeldiões partiu de forma desorganizada para o ataque e sofria grande pressão. A partir daí, começou o show de Fernando. O goleiro alviverde defendia bolas impossíveis e arrancava aplausos a cada bola chutada que não entrava. E o jogo caminhou assim até o fim.

         Mesmo com a derrota, foi um bom teste. A diretoria do Rebeldiões, nesta temporada, tem como premissa enfrentar adversários fortes e que exija do clube alviverde o máximo possível nos Domingos de amistosos. É isso!

         Grande Abraço a Todos!

OS MELHORES REBELDIÕES 2008

Finalmente foram divulgadas as fotos dos melhores de 2008 do Rebeldiões Futebol Society.

Numa festa realizada na casa do treinador Pudim de Leite Ramos, a diretoria rebelde, representada pelo presidente Léo Raça, presenteou aqueles que mais se destacaram na temporada passada.

 


JOGADOR FAIR PLAY

 

atgaaaccblxmpwfjoejlvn8xt44tzcxtgj57_069mdehoihgyswfwhe790nlio0l2mohxcrmayj5rb2wa7vpwop6hwfwajtu9vb0kpvfgpukkqznirr5a63luihppw1


 

O prêmio de Maior Cabeç… Quer dizer, Jogador Fair Play 2008 foi para o camisa 7, Renas Maravilha. Com 23 partidas disputadas, o atacante rebelde não recebeu um cartão amarelo sequer.

Parabéns, Renas!

 

 

MELHOR TREINADOR

 

atgaaabscttpoo5pg6cdrrpuv93hlkk1f6lcf-selbkkjns2dpa8mlbnwbafi6mlndr7zntijnb2ipbdbcwmaksduy-hajtu9vc4ymnmmjwvkbns9bfwugf2rny5xg1 

 


         O melhor treinador do Rebeldiões sempre será o nosso querido e comilão Pudim de Leite Ramos. O seu estilo de treinar, semelhante ao ex-treinador do Flamengo, Carlinhos “Violino”, foi premiado por deixar o camisa 77, Doug Funny, na reserva durante toda a temporada.

 

 

JOGADOR “GARÇOM”

 

atgaaacwebfaawwkblxjixrjpc21absshiibmis5zncr7esj7orvujzfbf3vqyjp7rvlkbjqjzvv5npkkkcqt6lfpaukajtu9vd0qxiwf-xdtfayx5_bzxx7abfixw1

 

 


         Com precisas assistências ao longo da temporada 2008, o camisa 16 e principal fundo árabe investidor do Rebeldiões, Léo Rato, foi premiado como “Garçom Alviverde” depois de vencer Biel, numa disputa acirrada. Rato conseguiu 26 assistências contra 25 do camisa 10. Parabéns, Rato e…. Me dá um dinheiro, aí!?

 

 

CRAQUE 2008

 

atgaaadsarl-c_dhsbg8bs415z95slstasinqx2pmc1_ywvleysbu1h_sfdgd0ho0brtre5wdyyykbcbuq-bgurephf1ajtu9vdkeu3tvxq9ctzt-p5aobe9daeodg1 

 


         Todo time tem o seu craque. E, geralmente, todos eles vestem a camisa 10. E no Rebeldiões não é diferente. A “fera” do alviverde é o garoto prodígio Biel. Sempre entortando os adversários, o menino Biel é fã de games, Cristiano Ronaldo, chuteiras estilosas e cortes de cabelo de gosto extremamente duvidoso. Mas nada disso importa. Ele é a referência, o camisa 10 do Rebeldiões. Como diria Doug Jean Pierre, parabéns Bibi!!!!

 

 

CRAQUE DA TORCIDA

 

atgaaaclt_nofm4yjz38-jpr3vax-tj4eypbv5shgojxj6ml4yqks_blk2ddyg3uormqbmsdn02z98hcnxutn-ckgu2sajtu9vdg5mvft5onzzfldt7kp2-bx4jaza1


          Eleito por jogadores, treinadores e torcedores o melhor jogador da temporada 2008, o zagueiro Renato Ben Afleck Baiano não deu chance para os adversários e venceu como o melhor da galera em 2008. Sempre sorrindo (Mesmo em enterros, derrotas dos rebeldes ou do Flamengo, filmes de amor, etc) Renatão comemorou muito o título e prometeu repetir a dose na temporada 2009.


ARTILHEIRO 2008

 leo1

 

         E, finalmente, o matador de 2008. Ele mesmo! O presidente Léo Raça. Autor de 42 gols na temporada passada, o camisa 8 não teve perdão dos goleiros adversários. No momento da premiação, Léo Raça agradeceu os companheiros pelas assistências e, claro, ao dom que Deus lhe deu:

         – Vai tomar no c#%$, geral. Fiz 42 na temporada. Mais gols que o Keirrison. Sou Foda! Jogador de personalidade. Artilheiro e mais bonito nessa porra. – Disse o humilde Léo Raça.

         Bem, tomara que no ano de 2009 o nosso camisa 8 faça mais 42, 84 ou 100 gols. Porque sempre vamos dizer nas conversas:

 

“Ele é demaaaaaais!” 

OLHA QUEM ESTÁ MORDENDO VELINHAS!

 sem-titulo3que

Calma, essa não é mais uma coluna daquele que não é reforma ortográfica mas adora mudar a língua portuguesa. O título deste post não fala de nenhuma velhinha simpática, mas de velinhas de aniversário. É hoje o dia do zagueiro mais bonito do Brasil, Renato Baiano Gato.

Nosso querido zagueiro-modelo-coveiro-garoto-propaganda-de-creme-dental não revela sua idade, mas os fios brancos já transparecem o peso do tempo. Casado há menos de um ano, Renato garante que não cultivará barriga e, para tal, aderiu ao “Projeto Vergalhão”. Por isso, olho nele: Nada de bolos caramelados nesta data especial. Especula-se que o técnico Pudim Queijadinha Ramos se encarregará pessoalmente de vigiar seu pupilo e, se preciso, comerá no sacrifício as guloseimas supostamente destinadas a Baiano Gato.

Brincadeiras à parte, o Rebeldiões deseja muitas felicidades ao seu integrante mais provido de arcada dentária (a gente tenta, mas as piadas nos perseguem). Desejamos também que nosso dublê de jacaré encomende logo um rebeldinho, mas que ele não puxe a beleza “exótica” do pai.

 

Pra cima deles, Renato Baiano Gato!

 

Feliz aniversário!

VITÓRIA QUENTE!

foyo

        A equipe do Rebeldiões recuperou-se da derrota no penúltimo amistoso, 9×7 para o Cajaca, e conseguiu vencer o C.F.F.C. por 5×1, Domingo, no campo da Rio Sport Center.

        Debaixo de um sol que mais parecia um maçarico, os rebeldes começaram o jogo tentando dosar para não perder o fôlego. Como a equipe rubro-verde do C.F.F.C. também não foi pra “correria” o primeiro tempo foi calmo, sem graça e terminou 0x0.

        Na segunda etapa, os times saíram pro jogo. E o C.F.F.C. abriu o placar após um forte chute do camisa 10. Em desvantagem, os rebeldes foram em busca do empate e conseguiram através do presidente Léo Raça. O camisa 8 carregou a bola pelo meio e mandou uma “tijolada” de bico no ângulo do goleiro, 1×1.

        E a virada não demorou a acontecer. O camisa 12, Ponzio, viu o goleiro adversário saindo da meta na tentativa de interceptar um lançamento e, do campo de defesa, chutou para virar o placar. O gol foi tão bonito que deixou o treinador, Pudim de Leite Ramos boquiaberto. Resultado: As Jujubas que ele comia caíram no chão e ele foi obrigado a abrir um pacote de Suspiros.

        A partir daí, o C.F.F.C. abandonou o esquema tático e, cansado, não suportou os contra-ataques do Rebeldiões. Destaque para o agora meio-campista Doug Funny que, ao invés de distribuir suas costumeiras patoladas, serviu os companheiros com bons passes e uma assistência para o camisa 9, Thiago Obina. Aliás, o camisa 9 e Renas Maravilha completaram o placar com mais dois gols. Final, Rebeldiões 5×1 C.F.F.C.

         Apesar do calor infernal, foi um excelente teste e a equipe do Rebeldiões conseguir fazer um bom jogo. O próximo adversário será a forte Juventus que dispensa qualquer comentário. Mas, os rebeldes estão prontos para encarar e buscar a vitória.


Contador

  • 16.998 visitas