Arquivo para maio \23\+00:00 2008

Rebeldiões Acima de Tudo !!!!!

 

Eliminação que não vai derrubar o Rebeldiões.

 

            Não foi o que a diretoria, comissão técnica e os jogadores do Rebeldiões haviam planejado para a Taça Jacarepaguá. Mesmo jogando bem e com disposição, a derrota por 6×2 para o Riviera acabou com o sonho alviverde de disputar o título. Com duas derrotas e duas vitórias, a equipe alviverde terminou a competição no décimo lugar geral.

            Precisando apenas do empate contra a equipe da Barra da Tijuca para conseguir a classificação, a vantagem do Rebeldiões terminou logo na saída de bola. Com um chute venenoso, o atacante do Riviera acertou um belo chute que enganou o goleiro Drama. Com a desvantagem no placar, os rebeldes não desanimaram e partiram pra cima do adversário até conseguir o empate. E ele veio numa excelente cobrança de falta do camisa 10, Biel.

            A partida era extremamente disputada e com excelente nível técnico de ambas as equipes. Numa cobrança de escanteio, o atacante do Riviera tentou ludibriar a arbitragem dando um “tapinha” na bola em direção as redes rebeldes. Para alívio do Rebeldiões, o juiz viu e puniu o camisa 5 do time da Barra com o cartão amarelo. Mas, o time alviverde não conseguiu a virada mesmo jogando com um jogador a mais e o primeiro tempo terminou mesmo 1×1.

            No intervalo, o treinado rebelde, Pudim Ramos, alertou seus jogadores para tomarem cuidado com o camisa 7, que possui grande estatura, e com os cinco primeiros minutos de jogo que seriam fundamentais para a equipe alviverde saíssem com a vitória. Mas, o Riviera voltou mais disposto a ganhar o jogo e, após duas desatenções do time do Rebeldiões, o placar era 3×1 para o time vermelho.

            A famosa “pane” que assusta e desestimula os jogadores rebeldes quando o placar está adverso ainda não tinha aparecido, ainda. Pois, com muita luta, o Rebeldiões continuou pressionando e diminuiu a vantagem novamente com o 10, Biel, após belo chute no canto do goleiro. Com o placar apontando 3×2 para o Riviera e a disposição rebelde lá em cima, o “sobrenatural de almeida” não quis deixar o Rebeldiões sair vitorioso novamente. Após um chute despretensioso do jogador adversário, de antes do meio-campo, a bola fez uma curva sensacional e acertou o travessão rebelde sobrando livre para o jogador do Riviera aumentar a vantagem para 4×2 e jogar uma ducha de água fria na reação rebelde.

            Precisando de dois gols e faltando fôlego, o Rebeldiões se entregou e tomou mais dois gols dando números finais a uma vitória merecida do Riviera, mas que o placar não condiz com o que foi a partida, assim como no duelo contra o Galáticos.

            Após o jogo, o time se reuniu por volta de 1h e teve uma importante conversa para traçar metas para as próximas competições e esclarecer alguns pontos importantes sobre a frustrante eliminação da Taça Jacarepaguá. Nessa reunião, o Rebeldiões foi surpreendido pelo anúncio da aposentadoria do goleiro Drama.

Gostaria de agradecer a todos que conseguiram me aturar nesses anos todos. Queria pedir desculpas a todos por alguma gracinha, brincadeira de mau gosto ou reclamação mal interpretada. Mas também salientar que uma amizade se fez, e isso não se perde com facilidade. Queria agradecer a todos os momentos, jogos e afins. Enfim, um ciclo se encerra, mas tenho certeza que vai ser melhor, porque acima de tudo, desde o início, pensei em priorizar o BEM do time. Espero que não tenha ficado nenhuma rusga com ninguém. Mais uma vez, OBRIGADO POR TUDO, POR TODAS AS OPORTUNIDADES. Para o que precisarem, estou aí! Grato pela atenção! Obrigado!”.

 

Foi assim, com essas palavras que o goleirão Drama se despediu do Rebeldiões Futebol Society. Alegando falta de motivação em continuar jogando futebol e outros problemas pessoais que já o vinham afligindo há algum tempo, Drama pediu e teve seu contrato rescindido pelo presidente Léo Raça. A saída de um dos melhores goleiros do society carioca mexeu com todos os jogadores rebeldes que ficaram muito tristes com a futura ausência do camisa 1 na meta do Rebeldiões.

Segundo Drama sua decisão de se aposentar dos gramados é irrevogável e, após disputar 60 partidas com o manto sagrado, ele prometeu fidelidade as cores alviverdes.

 

A seguir, algumas palavras de agradecimento dos ex-companheiros para Drama:

 

“Fala meu goleiro! Eu é que te agradeço. Pelas inúmeras vezes que salvou nosso time, pelas inúmeras vitórias, por evitar que as derrotas fossem maiores, por jogar no sacrifício outros montes de vezes, por ser um dos maiores responsáveis por tornar o Rebeldiões o que ele é hoje e por sempre colocar o time em primeiro lugar, mesmo nem sempre concordando com os acontecimentos.          
Não acho que sua saída seja o melhor para o time, mas espero que seja o melhor pra você. Difícil arrumarmos outro com a sua qualidade e sua visão do jogo. Obrigado por tudo, pela amizade, pelo companheirismo, pelas piadas, pelos uniformes e por aturar a gente…”
BRUNO PUDIM RAMOS – TREINADOR

 

“Sinceramente não sei os motivos que o levaram a tomar tal decisão. Quando sai do time, percebi que quando você fica longe acaba sentindo uma falta absurda, pois se cria um vínculo de amizade muito grande e por mais que agente brigue entre si o laço é muito forte. Enfim apesar de não ser muito próximo a você até pela posição (risos), gosto de ti e acredito que ainda deva repensar sobre a decisão. Fora isso boa sorte na vida e não deixe de aparecer nas reuniões do time. Grande Abraço)” RODOLFO GROETARS – ATACANTE

 

“Drama, valeu por salvar o nosso time com grandes defesas e tomara que a amizade continue. E que você apareça para ver e torcer pelo nosso time”. RENATO SORRISO – ZAGUEIRO

 

Nunca vou me esquecer da nossa vitória em Minas Gerais. Jogo dificílimo, um sonho pra todos nós, e você dentro da ambulância, quase indo parar no hospital por tentar defender uma simples bola num jogo de futebol. Só esse fato já era um combustível imenso para nos matarmos em campo e dedicarmos à vitória a você. Mas, quando eu olho para o lado, e lhe vejo ainda com tonturas e sem camisa berrando com o juiz pra voltar ao campo e querer nos ajudar eu pensei:
“Porra! Foda-se que minhas pernas estão doendo, estou cansado, longe da minha namorada, dormindo com o Doug e o Baianinho… Se esse goleiro confia na gente, não quis nos abandonar nesse momento de dor e está lá para o que der e vier eu vou correr por ele e pelos outros até eu desmaiar. E com o jogo empatado em 6×6 faltando pouco mais de 2 minutos pra acabar, você fez aquela defesa monstruosa que a bola ainda bateu na trave e voltou nos seus braços. Eu estava no banco e falei pro Léo Raça: “- Léo, nós vamos ganhar!”. E o final, todos nós temos guardados na memória.”.
PONCIO – ALA / MEIO-CAMPO

 

“Estou chateado também com essa porra, mas fazer o que? Fica com Deus e de você só guardaremos boas lembranças. Não perdemos você, por que você faz parte da nossa família. Vai ser como um irmão que viaja em busca de novos horizontes, mas que, com certeza estará olhando por nós e torcendo para o nosso sucesso. Fica com Deus! Abraços” DOUG FUNNY – ZAGUEIRO

 

Meu amigo, agradeço pela amizade e pelas ajudas e orientações de quando jogamos junto. Admiro muito seu caráter e sua amizade, pois você é uma pessoa forte e bem decidida no que faz. Se você fez essa opção de sair do time é porque teve suas razões e eu acredito muito nelas. Sei que você irá brilhar, assim como brilhou aqui, em qualquer lugar que você vá.” ALESSANDRO NEGÃO – ZAGUEIRO

 

“Fico chateado porque sabemos o quanto você é importante ao time e aos amigos criados no grupo. Podemos até arrumar um goleiro melhor que você, mas a camisa 1 é sua. É foda pensar que não vou aturar mais o seu sarcasmo. Infelizmente não nos veremos com tanta freqüência, mas não adianta falar muito porquê decisões tomadas de cabeça fresca dificilmente voltam atrás. Espero sinceramente que se um dia você quiser voltar, não pense duas vezes. Abraços e Boa Sorte” LÉO RATO – MEIA

 

“Você foi o CARA no gol do nosso time. Muitas vitórias foram por sua causa!!!!!! BIEL – MEIA

 

“Vai ser difícil olhar para o gol do Rebeldiões e não ver você lá.” LÉO RAÇA – PRESIDENTE / CAPITÃO / ATACANTE

 

“Você foi responsável por zilhões de vitórias nossas! Obrigado nobre estilista e que sua trajetória seja linda!” THIAGO RONALDINHO – ATACANTE

 

“Drama, desde sua entrada no time penso que você se fez uma peça fundamental. Não só pela indiscutível qualidade como goleiro (ao contrário do que você disse, vai ser muito difícil arranjar outro do mesmo nível), mas principalmente pela amizade criada. Nossos domingos não serão os mesmos sem sua presença e ainda não caiu à ficha de que você realmente saiu. Mas a vida é assim, cheia de despedidas, e temos que respeitar sua vontade. As portas estarão sempre abertas. Abraço!” RENAS MARAVILHA – ATACANTE

 

 

Enfim, a saída prematura do goleiro Drama ainda vai ser sentida por muito tempo no grupo do Rebeldiões. Todos desejam boa sorte à nova vida de aposentado do arqueiro dramático.

 

 

 

No feriado dessa quinta feira, o Rebeldiões empatou com a boa equipe do Jonny Walker por 2 a 2. a primeira partida sem o goleiro Drama. os gols da partida foram dos atacantes Rodolfo e Leo Raça.

 

 

” MAIS UNIDOS QUE NÓS? NUNCA SERÃO !!!!!!! “

 

 

CONCENTRAÇÃO TOTAL

 

No próximo Domingo, será realizada a última rodada da primeira fase da Taça Jacarepaguá. E visando a derradeira partida contra a forte equipe do Riviera, o Rebeldiões programou um amistoso contra o Real Santa Mônica, neste Sábado, ás 17h, no campo da academia Rio Sport Center.

 

            Após ficar sem jogar no último Domingo, a partida marcará a estréia do uniforme número dois do time rebelde. Jogando de preto, o Rebeldiões buscará entrosar ainda mais o time e melhorar o condicionamento físico de seus jogadores. O treinador Pudim Ramos fará ajustes na parte tática e tentará implementar um inovador sistema de marcação, que contará com a colaboração de todos os jogadores do time, principalmente dos homens de frente e do meio-campo.

 

            – Esse amistoso é fundamental, mas não vamos esquecer que o que interessa é o jogo de Domingo. Então, não vamos criar clima de vida ou morte no Sábado. Vamos pensar nos ajustes do time para a partida decisiva contra o Riviera. – disse o técnico Pudim Ramos, após um intervalo de mais uma de suas degustações de Danoninho.

 

            O meio-campo Gaúcho continuará fora devido uma lesão, mas a partida contra o Real Santa Mônica vai marcar o retorno de Renas Maravilha em nova função.  Agora jogando de zagueiro, Renas se recuperou de contusão sofrida no tornozelo, na disputa do Campeonato Brasileiro, em Ouro Branco-MG, e promete dar dor de cabeça ao treinador alviverde. Ele será observado atentamente pela comissão técnica e disputará posição com os outros defensores rebeldes.

 

            O jogo de Domingo, contra o Riviera, definirá o segundo classificado do grupo B da Taça JPA. As equipes possuem até aqui campanhas semelhantes, com duas vitórias e uma derrota, mas o Rebeldiões leva vantagem no Saldo de Gols: 8 contra 3. Será um jogo bastante equilibrado e quem errar menos, provavelmente, sairá com a vitória.

 

            Como o intuito de motivar ainda mais os jogadores, a diretoria rebelde conseguiu uma operação financeira com alguns patrocinadores e prometeu, em caso de classificação, premiar os jogadores com algumas garrafas contendo bebidas de teor alcoólico e, para os SOLTEIROS, mulheres de índole duvidosa portando 110 cm de quadril aproximadamente.

 

            Agora, vamos esperar e torcer para que o futebol envolvente do Rebeldiões volte a despontar nos campos do Pau-Ferro. Eis as fichas das partidas do fim de semana:

 

Jogo 1: Amistoso

Real Santa Mônica x Rebeldiões FS

Data: Sábado 17/05

Horário: 17h

Local: Academia Rio Sport Center

 

Jogo 2: Taça Jacarepaguá 2008

Rebeldiões FS x Riviera

Data: Domingo 18/05

Horário: 13:30h

Local: Pau-Ferro

Roooooooooooooonaldinho é 100!

 

            O amistoso contra o Real Santa Mônica vai marcar a histórica centésima partida do camisa 9 Thiago Fofômeno vestindo o Manto Rebelde.

 

            Com 65 gols marcados, Ronaldinho, como é carinhosamente chamado por seus companheiros devido a sua intensa luta contra a balança, é um dos integrantes mais ilustres do Rebeldiões. Rubro-Negro convicto e apreciador da boa gastronomia mundial, Thiago regressou recentemente dos Estados Unidos e, logo na sua partida de reestréia, já deixou sua marca de artilheiro no Campeonato Brasileiro, em Ouro Branco.

 

            Com a alcunha de “Namoradinho do Brasil”, por seu jeito apaixonado de ser, Fofômeno é praticante do lema “Não faça sexo, faça Amor!” que contagia não só as mulheres brasileiras, mas também as peruanas e algumas dançarinas de forró universitário do Rio das Pedras.

 

            A diretoria rebelde confeccionou uma placa feita de chocolate com a marca dos seus 100 jogos vestindo o manto sagrado do Rebeldiões Futebol Society e estipulou a sua multa rescisória num valor não revelado pelo presidente Léo Raça.

 

            – Não vou revelar os valores da multa rescisória do Thiago Ronaldinho. Mas, existe uma cláusula que o Rebeldiões garante a presença do nosso camisa 9 em churrascarias, pizzarias, sorveterias e lanchonetes. Ou seja, o contrato dele com o Rebeldiões é vitalício. Ele só defenderá outro clube se a nossa proposta for triplicada – ressaltou o presidente Léo Raça.

 

            Todos os jogadores rebeldes apreciam a amizade e o companheirismo do centroavante Thiago Ronaldinho e esperam contar sempre com a sua presença nos campos, decidindo partidas com os seus gols a favor do alviverde.

 

PARABÉNS RONALDINHO!!!!!!

 


Contador

  • 16.998 visitas